Archive for 30 de abril de 2015

Já é o 4º reator eletrônico queimado. O quê fazer ?

O problema do reator eletrônico queimado:

Normalmente, um reator é projetado para durar pelo menos 1 ano, afinal esta é a garantia oferecida pela fabrica. Claro que este tempo pode ser muito maior. Porem não é o que percebo, em muitos casos. Existem situações que o reator é trocado, e poucas horas depois, novamente ocorre outra falha. Certamente a qualidade do produto influencia muito, pois existem produtos no mercado que não atendem as necessidades minimas.
A partir da portaria n.º 267, de 21 de setembro de 2009 do INMETRO, ficou estabelecido os procedimentos para a certificação compulsória de reatores eletrônicos para lampadas fluorecentes. Isso significa que é proibido a venda de reatores sem a certificação INMETRO.
Mas mesmo usando reatores de ótima qualidade em muitos casos os reatores continuam queimando de forma excessiva.

Mas por quê em alguns casos eles duram mais e em outros a queima é constante e sucessiva ?

Picos de tensão

Os picos de tensão são variações elétricas muito rápidas e que podem atingir milhares de volts acima da normal.

Dano por pico de tensão em reatores eletrônicos

A grande maioria dos problemas em reatores é o pico de tensão. Podemos ver o dano causado, retirando-se a tampa protetora do reator, na fina abaixo podemos observar que um dos capacitores eletrolíticos com voltagem de 250 volts, está com a parte superior estufada.

 
De onde vem estes picos de tensão ?

Os picos de tensão, normalmente, são originados externamente.

E é provocado pelo funcionamento de grandes máquinas elétricas nas proximidades, motores de elevadores em seu prédio, descargas induzidas por queda de raios, manobras na transmissão de energia e apagões repentinos.

Como se proteger desses picos de tensão ?

 

DPS

DPS

A solução existe, e para isso foram criados dispositivos que protegem os equipamentos de uma determinada instalação elétrica dos picos de tensão, estes dispositivos são chamados de DPS – Dispositivo de Proteção contra surtos Elétricos.

Onde é instalado o DPS ?

Ele deverá ser instalado no Quadro de energia, onde estão os disjuntores.

Dimensionamento do DPS

Para o correto dimensionamento do DPS é necessário a analise de um Engº Eletricista, pois existem diversos fatores a serem levados em consideração. A tentativa de solucionar o problema de queima de reatores sem o devido dimensionamento do DPS a ser utilizado normalmente não tem o resultado esperado.

Veja algumas especificações dos produtos da SCHNEIDER:

Linha de DPS SCHNEIDER

Ambas as normas NBR5410 – Instalações elétricas de baixa tensão  e NBR5419 – Proteção de estruturas contra descargas atmosféricas. Determinam a utilização de DPS nas instalações elétricas.

 

 

Sistema de monitoramento de caixa d’água para residencias, condomínios ou empresas – parte 3

Finalmente cheguei ao final do desenvolvimento do sistema de monitoramento de caixa d’água – AquaMon que foi concebido para administração da água em residencias, condomínios ou empresas. O sistema informa em tempo real os níveis dos reservatórios de água no display em seu painel. O sistema também envia informações para um servidor na internet, alem disso também envia alarmes pre-programados por mensagens de SMS em celulares.

AquaMon – Sistema de monitoramento de caixa d’água

 

O sistema AquaMon – Sistema de monitoramento de caixa d’água utiliza o conceito de “Internet das Coisas” ou “Internet of Things” – IOT veja o Artigo: Internet das coisas: Engenheiro explica o conceito

Acesso dos condôminos a informação

Cada condômino pode verificar on-line os níveis dos reservatórios do seu condomínio usando o seu computador ou celular para acessar a internet. Isso ajuda muito a administrar um recurso que cada vez mais é escasso. Imagine a seguinte situação: estou no trabalho e preciso saber se tem água disponível para tomar aquele merecido banho ou terei que ir ate a casa da sogra… Basta acessar o site do sistema, fazer o login e verificar a situação… Alias, podemos saber também se tem energia no condomínio e decidir se é melhor aguardar um pouco mais, afinal subir as escadas ate o trigésimo andar depois de um longo dia de trabalho, não é uma tarefa la muito prazerosa.

Os tipos de alarmes disponíveis são:

  1. foto 2Falta de energia elétrica;
  2. Retorno de energia elétrica;
  3. Falta de água da concessionaria;
  4. Retorno da água da concessionaria;
  5. Nível dos reservatórios em 10%;
  6. Nível dos reservatórios em 20%;
  7. Nível dos reservatórios em 30%;
  8. Nível dos reservatórios em 50%;
  9. Nível dos reservatórios em 100%;
  10. Problema no sistema de bombeamento;
  11. Possível vazamento;

As configurações do equipamento são feitas por um controle remoto por Infravermelho, isso facilita muito.20150429_211252

. As opções existentes são:

  1. Data/Hora;
  2. Calibração;
  3. Alarmes;
  4. GPRS.

 

 

 

Faz uma semana que o protótipo do sistema de monitoramento de água – AquaMon – Sistema de monitoramento de caixa d’água foi instalado no condomínio onde moro para avaliar e verificar possíveis correções de software e ou hardware. Este é o painel que desenvolvi para o produto. A imagem esta mostrando a mensagem de inicialização do sistema no display. O equipamento quando é ligado, efetua a verificação do funcionamento dos seus sistemas na forma de um auto teste e passa a mostrar no display a informação do nível dos reservatórios monitorados pelo sistema em tempo real, assim como enviar estas informações para o servidor do AquaMon – Sistema de monitoramento de caixa d’água na internet e SMS´s dos alarmes programados.

 

No próximo post pretendo detalhar melhor o funcionamento do sistema de monitoramento de água AquaMon.

Se alguém tiver interesse em obter mais informações sobre o sistema basta entrar em contato

———————————————————————-

O sistema esta pronto e operando, veja o link:

http://www.marcelobarreto.eng.br/monitoramento-nivel-de-caixa-dagua/

Medição de nível de caixa d’água para residencias, condomínios ou empresas – parte 2

No primeiro artigo abordei as varias técnicas para medição de nível. Este artigo vamos nos aprofundar na tecnologia de medição de nível por diferença de pressão. Este método apresenta uma serie de características que vai beneficiar este projeto. Dentre elas, a principal é a simplicidade mecânica aliada a uma ótima precisão.

Freescale fabrica sensores de pressão que mede a diferença de pressão entre uma entrada e outra. Veja a foto abaixo:

Sensor

Sensor

Esse sensor mede a pressão de qualquer fluido (água, óleo, ar, etc). A principal aplicação é a medição de nível em caixas d’agua, máquinas de lavar, etc.

Ha varios modelos a saber, cada um para uma faixa de pressão:

  • MPX5010DP: 0 a 10 kPa (0 a 1,45 psi – 0 a 0,1 bar – 0 a 1m de coluna de agua)
  • MPX5050DP: 0 a 50 kPa (0 a 7,25 psi – 0 a 0,5 bar – 0 a 5m de coluna de agua)
  • MPX5100DP: 0 a 100 kPa (0 a 14,5 psi – 0 a 1 bar – 0 a 10m de coluna de agua)
  • MPX5500DP: 0 a 500 kPa (0 a 72.5 psi – 0 a 5 bar – 0 a 50m de coluna de agua) – EM FALTA
  • MPX5700DP: 0 a 700 kPa (0 a 101.5 psi – 0 a 7 bar – 0 a 70m de coluna de agua)

A Freescale disponibiliza um documento explicando como fazer o monitoramento usando esta tecnologia:  AN1950

Esta outra nota de aplicação explica como evitar ruído na saída do sensor: AN1646

Conforme figura abaixo podemos ver que uma das entradas do sensor é conectada a uma mangueira plastica que deve ser posicionada no fundo do reservatório de forma que a pressão hidrostática seja a mesma no sensor.

MPX5050

 

A saída de sinal deste sensor é analógica de 0 a a aproximadamente 4,7V, e deve ser lido por um conversor analógico.

A titulo de curiosidade também é possível medir vácuo, usando a outra entrada do sensor. Inclusive é possível medir velocidade de fluxo do fluido, usando-se as duas entradas.

No próximo post pretendo falar sobre o produto já acabo pois neste momento já estou testando um protótipo aqui no meu condomínio.

Translate »